Últimas 100 Atualizações do Website via Twitter:

Pesquise todo o conteúdo do website Horus Strategy abaixo:
Loading

domingo, fevereiro 10, 2008

Análise fundamentalista requer foco exclusivo no longo prazo

Por: Felipe Abi-Acl de Miranda
06/12/07 - 18h00
InfoMoney

SÃO PAULO - É sempre recomendada a opinião de um analista quando da tomada de decisão de investimento. Para evitar avaliações enviesadas, sugere-se também a busca de análises de consenso, sob o argumento de que uma amostra maior de opiniões concederia robustez a uma determinada projeção.

Se consultamos um médico para tratar de doenças, seria igualmente natural ouvir um especialista em finanças para decidir onde investir. Quando bem feita, a análise fundamentalista identifica ativos subavaliados, ou seja, encontra a oportunidade de lucro inexplorada focando o longo prazo.

Focando o longo prazo! Esta parte, intrínseca ao método de valuation, não pode ser esquecida em hipótese alguma. Sob a ótica fundamentalista, seguir recomendações de análises de consenso objetivando o curto período não faz o menor sentido.

Ninguém espera mudanças significativas nos fundamentos de uma empresa de um dia para o outro. Por que, então, esperar valorizações abruptas das ações da manhã para a tarde?

Curto prazo é cassino
Os fundamentalistas apóiam-se na idéia de preços obedecendo a movimentos aleatórios no curto prazo. Assim, predizer o valor de um determinado ativo no próximo pregão, na semana seguinte ou mesmo no mês que vem é impossível.

Já o longo prazo recebe influência menor da aleatoriedade, de forma que a evolução do preço das ações está condicionada a variáveis macroeconômicas, arcabouço institucional, panorama do setor e capacidade administrativa da empresa.

Por isso, dentro desta abordagem, ganhos acima da média do mercado de forma consistente só podem vir em horizontes de tempo mais dilatado.

MCI é bom exemplo
É neste contexto que devem ser entendidas as análises de consenso. O MCI, por exemplo, apresenta justamente o objetivo de prover avaliações consensuais, subsidiando decisões de investimento com foco exclusivo no longo prazo.

Olhar o indicador desenvolvido pela InfoMoney com propósitos de curto período é totalmente inadequado, assim como qualquer outra análise fundamentalista.

Porém, quando o objetivo é o longo prazo, avaliações com enfoque fundamentalista podem render ganhos de forma consistente e, se bem feitas, acima da média do mercado.

Bookmark and Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home

Copyright © 2002 / 2014 HorusStrategy.com.br. Horus Strategy é marca registrada. Todos os direitos reservados.